A Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM 2019) foi encerrada, nesta quinta-feira, 12 de setembro, com balanço positivo, mais uma edição do evento considerado como um dos mais importantes da mineração da América Latina. Patrocinadores e apoiadores da EXPOSIBRAM legitimaram como a tecnologia transforma e impacta a sociedade e a cultura organizacional. Ao mesmo tempo, pontuaram a importância de refletir e desenvolver a segurança e a transparência nos processos de produção.

Na edição de 2019, foram montados 490 estandes, 40 a mais em comparação à última edição do EXPOSIBRAM, que ocorreu em 2017, também em Belo Horizonte (MG). O espaço que reuniu ideias, tecnologias, projetos e desenvolvimento se concentrou em 13 mil metros quadrados. Entre os expositores, importantes companhias que patrocinaram o evento também expuseram seus trabalhos, investimentos e pesquisas. Ao todo, o evento contou com 14 empresas patrocinadoras, divididas entre categorias diamante, ouro, prata e bronze.

Aliado à busca por desenvolvimento, neste ano, a tônica frequentemente abordada pelos patrocinadores esteve relacionada à segurança, sustentabilidade e transparência. No estande da ArcelorMittal, patrocinadora na categoria bronze, por exemplo, além da apresentação institucional da Mineração no Brasil, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer aplicações de produtos da Belgo Bekaert Arames (BBA) e da ArcelorMittal Projects, desenvolvidas especialmente para a indústria da mineração. Arthur Portugal, representante da área comercial da Belgo Protector, conta que os módulos de proteção para correia transportadora são soluções em proteção premiadas. “Nosso produto foi reconhecido recentemente, tanto que a mina Serra Azul, localizada em Itatiaiuçu (MG), foi premiada como a mais segura no setor”, destacou.

O gerente de Estratégia Inovação de Negócios da mineradora Anglo American, patrocinadora ouro, Rafael Miranda, defendeu a necessidade de aliar perspectivas da mineração para o futuro a um caminho de soluções sustentáveis. “Precisamos, tanto aqui, como em outros países, trabalhar juntos e próximos da sociedade. Afinal, temos uma demanda de produção cada vez maior. Então, aperfeiçoamos os programas de pesquisas e de relacionamento com pessoas e comunidades, para acompanhar o desenvolvimento global, de forma a melhorar a vida das pessoas.”

No stand da Nexa Resources, patrocinadora diamante do evento e uma das cinco maiores produtoras de zinco no mundo, além de apresentações tecnológicas e didáticas a respeito da produção de zinco, executivos discutiram, por meio do Nexa Talks, assuntos relevantes para a mineração, como segurança, inovação, automação e tecnologia.

Reconstrução – A mineradora Vale, patrocinadora diamante, apresentou, no evento, o Centro de Monitoramento Geotécnico (GMC), de onde a empresa monitora, em tempo real e permanentemente, as condições de barragens e demais estruturas operacionais em Minas Gerais. De acordo com a multinacional, o serviço foi inaugurado em fevereiro de 2019 e a intenção é que, no início de 2020, o recurso alcance mais de 100 estruturas geotécnicas.

O diretor especial de Reparação e Desenvolvimento da Vale, Marcelo Klein, afirmou que um dos objetivos da participação na EXPOSIBRAM foi apresentar à sociedade o trabalho que a mineradora vem realizando em obras de recuperação do Rio Paraopeba, além de compartilhar o acolhimento e a construção do diálogo social participativo com as comunidades após o rompimento da barragem, em Brumadinho (MG).

Trabalho consolidado – O espaço foi palco também de compartilhar conquistas e avanços. A Geosol, empresa do setor de pesquisa e sondagem mineral e patrocinadora bronze da EXPOSIBRAM, compartilhou as atuações inovadoras para a atividade de perfuração do solo, entre elas a sonda inteligente.

No ranking das maiores produtoras de ouro do mundo, a AngloGold Ashanti, patrocinadora ouro, mostrou, em estande na feira de negócios, a história de sua atuação, preocupada também a sustentabilidade e a segurança. O diretor-presidente da AngloGold Ashanti Brasil, Camilo Farace, dividiu a alegria da produtora de ouro ser considerada a indústria mais longeva em operação no país. “Isso demonstra a nossa capacidade de reinvenção para superar os diferentes desafios ao longo de todo esse tempo, sempre tendo a segurança como primeiro valor. Além disso, atingimos essa marca histórica renovando nosso compromisso com o futuro, com a inovação e com a sustentabilidade”, ressalta.

Além das 14 companhias patrocinadoras, importantes associações, confederações, institutos e sindicatos figuraram como apoiadores institucionais, totalizando 18 empresas. Participaram também como apoiadores da EXPOSIBRAM 2019 17 publicações, nacionais e internacionais, referendadas nas áreas de mineração, meio ambiente e energia.

Concurso Melhor Estande

No encerramento da Exposibram 2019, foi realizada a cerimônia de entrega dos prêmios para o concurso de Melhor Estande da feira. O vencedor da categoria Visitantes, que recebeu a maior parte dos votos do público, foi a Enaex Britanit – IBQ Indústria Química. Nas categorias Expositores e Organização, os premiados foram os estandes da Anglogold Ashanti e Nexa, respectivamente.