*

 

Intitulada "Road to The Future", foram 300 gestores de empresas nacionais e multinacionais participantes, que deram à luz os desafios e as oportunidades do profissional tributário na Era Digital

A Live University, escola de negócios presente há 15 anos no mercado com um modelo inovador e disruptivo, divulgou estudo inédito em parceria com a Thomson Reuters, multinacional de soluções em tecnologia para os segmentos Fiscal, Tributário, Jurídico, Contábil e de Comércio Exterior. Com o título “Road to The Future: Desafios e oportunidades para a adoção de tecnologias para as empresas”, a pesquisa coletou a opinião de 300 executivos, em posição de liderança em empresas nacionais e multinacionais, que salientaram os desafios e as oportunidades do profissional tributário na Era Digital. Os participantes da pesquisa congregam as áreas Fiscal e Tributário (53%), Comércio Exterior (27%), Supply Chain (12%) e Financeiro (5%). Desses, 63% atuam há mais de nove anos na área.

De acordo com o relatório, somente 17% dos líderes acreditam que os profissionais das suas áreas estão preparados para grandes mudanças relacionadas às novas tecnologias. 97% acreditam que a tecnologia causará mudanças profundas nas funções operacionais, nos próximos anos.  63% dos executivos optam por contratar funcionários com pouca experiência na área, porém que tenham na bagagem a expertise em tecnologia.

Quando o tema é custos, a competitividade foi um dos principais fatores determinantes para o investimento em tecnologia por parte das empresas e dos profissionais. Neste cenário, 16% dos entrevistados da pesquisa acreditam que a tecnologia pode ajudar a tornar a empresa mais competitiva no mercado.

A Live University, escola de negócios presente há 15 anos no mercado com um modelo inovador e disruptivo, divulgou estudo inédito em parceria com a Thomson Reuters, multinacional de soluções em tecnologia para os segmentos Fiscal, Tributário, Jurídico, Contábil e de Comércio Exterior. Com o título “Road to The Future: Desafios e oportunidades para a adoção de tecnologias para as empresas”, a pesquisa coletou a opinião de 300 executivos, em posição de liderança em empresas nacionais e multinacionais, que salientaram os desafios e as oportunidades do profissional tributário na Era Digital. Os participantes da pesquisa congregam as áreas Fiscal e Tributário (53%), Comércio Exterior (27%), Supply Chain (12%) e Financeiro (5%). Desses, 63% atuam há mais de nove anos na área.

De acordo com o relatório, somente 17% dos líderes acreditam que os profissionais das suas áreas estão preparados para grandes mudanças relacionadas às novas tecnologias. 97% acreditam que a tecnologia causará mudanças profundas nas funções operacionais, nos próximos anos.  63% dos executivos optam por contratar funcionários com pouca experiência na área, porém que tenham na bagagem a expertise em tecnologia.

Quando o tema é custos, a competitividade foi um dos principais fatores determinantes para o investimento em tecnologia por parte das empresas e dos profissionais. Neste cenário, 16% dos entrevistados da pesquisa acreditam que a tecnologia pode ajudar a tornar a empresa mais competitiva no mercado.

No entanto, segundo análise de especialistas, ter como destaque o aumento de eficiência e a redução de custos está ligado à busca de mais competitividade por parte das empresas, pois isso leva ao reconhecimento das áreas estratégicas e dos profissionais envolvidos e contribui diretamente para o ROI das empresas.

Ainda que 80% dos consultados destaquem que se os profissionais da área não acompanharem as tendências tecnológicas nos próximos três anos não será possível manter-se competitivo no mercado, 42% deles não pretendem aumentar o investimento em tecnologia e 34% pretendem manter o mesmo nível de investimento dos anos anteriores.

"O bloco composto por IoT, Blockchain, Data Science, A.I., Machine Learning e Data Science é a grande aposta da alta gestão para impulsionamento do desenvolvimento de suas empresas. Com a maior parte dos decisores otimistas quanto ao cenário mundial, e confiantes de que a economia brasileira deve melhorar este ano, um cenário propício para implementação de novas tecnologias vai, aos poucos, se delineando", afirma Santiago Ayerza, Líder do Segmento Corporativo da Thomson Reuters para América Latina.

Para acessar a pesquisa na íntegra, basta clicar no link abaixo:

https://www.thomsonreuters.com.br/pt/corporacoes/road-to-the-future.html

 

Sobre a Live University

Criada há 15 anos, a Live University já formou mais de 55 mil alunos ao longo desses anos. Com um modelo inovador e disruptivo, ela oferece cursos presenciais e online de MBA, Pós-Graduação e especialização. São, ao todo, 5 escolas de negócios: Ibramerc, com foco em Inteligência de Mercado, Marketing e Vendas; o Inbrasc, com foco em Supply Chain e Compras; o Confeb, com foco em Gestão Fiscal e Tributária; o eBusiness com foco em TI e Transformação Digital; e a escola  de RH, com foco em Recursos Humanos e Gestão de Pessoas. A Live University também conta com cursos voltados para Negócios, o MBA em Gestão de Negócios, por exemplo, e o MBA em Data Science. Hoje mais de 80 professores renomados no mercado de trabalho lecionam na Live University, além de manter 100 conselheiros no Board, sendo esses CEO’s e diretores de diversas corporações nacionais e internacionais de vários segmentos.

https://liveuniversity.com/

Thomson Reuters

A Thomson Reuters (TSX/NYSE: TRI) é a provedora líder mundial de notícias e soluções de tecnologia para profissionais. Nossa rede global de especialistas e jornalistas mantém nossos clientes atualizados sobre os principais acontecimentos no mundo, com foco específico nas mudanças jurídicas, fiscais, tributárias e de comércio exterior. A ações da Thomson Reuters estão listadas nas bolsas de valores de Toronto e Nova Iorque. Para mais informações da companhia, visite tr.com e para notícias, acesse reuters.com.