O crescimento e sucesso de uma empresa vem das pessoas que integram o dia a dia da companhia e de um time sinérgico. Nesse sentido, a Wavy, empresa do Grupo Movile que reúne mensageria em SMS, Whatsapp, RCS, Bots além do negócio de conteúdos de valor agregado com operadoras de telefonia móvel e TVs, acaba de anunciar seu novo CEO: Eduardo Henrique, que já atuava como Diretor de Novos Negócios anteriormente e, a partir de agora, comandará as operações.
 
Co-fundador da Movile, Eduardo Henrique possui vasta experiência em plataformas móveis e, após fazer parte de muitas iniciativas de inovação dentro da empresa, mudou-se para o Vale do Silício, em 2012, obtendo um papel fundamental em todas as iniciativas de expansão do Grupo Movile, além de participação ativa na criação de novos produtos e negócios. É também um dos criadores da PlayKids, plataforma de entretenimento educacional para crianças mais importante do mundo. Recentemente, Eduardo concluiu o programa executivo de Stanford e, além disso, é formado pelo programa de Ciência da Computação da Universidade de Campinas (UNICAMP). O executivo ainda tem no currículo os diplomas de Marketing na Escola de Publicidade e Marketing (ESPM-SP) e pós-graduação em Marketing Digital da FECAP-SP.
 
Seu principal objetivo à frente da Wavy será reinventar a companhia, focando maciçamente em inovação. Entre os desafio estão os projetos que utilizam novas tecnologias de mensageria como o Whatsapp, Facebook Messenger e Google RCS, bem como a utilização de Inteligência Artificial para tornar chatbots muito mais eficientes e construir um novo mundo dentro do segmento de customer experience. Tal inovação não descarta o crescimento no negócio atual de SMS corporativo que consagrou a Wavy como líder na América Latina e um dos grandes players globais.
 
"Queremos trazer uma solução disruptiva no segmento de customer experience que realmente resolva dores latentes de nossos clientes. Já vemos que o SMS e o WhatsApp são ferramentas de grande valor na digitalização, otimização de custos e na entrega de uma melhor experiência, com cases e dados que comprovam esse valor. Com Ingresso Rápido, por exemplo, um de nossos cases de atendimento com chatbot por WhatsApp que com o uso de processamento de linguagem natural (PLN), mais de 3 mil intenções já foram identificadas. Como resultado, a retenção do bot está acima de 75%. E 50% dos clientes atendidos pelo robô declaram ter ficado extremamente satisfeitos com a experiência. A meta é chegar a 70%. A solução está gerando significativa economia para a Ingresso Rápido. Mas este é só o começo na nossa visão. Gostamos de sonhar grande!", afirma Eduardo Henrique.
A escolha de Eduardo para CEO pelo board da Movile foi estratégica dado o perfil empreendedor do executivo e o amplo know-how no mercado, uma vez que foi uma dos fundadores do Grupo Movile. Além disso, com toda a estratégia de reinvenção da Wavy, era clara a necessidade de direcionamento dado por um perfil bastante inovador, que gosta de arriscar, e acredita em estruturas verticais e com extrema autonomia no time.
 
"O propósito da Wavy é empoderar nossas clientes a criarem experiências valiosas para as pessoas através da tecnologia. Estamos em um momento de grande expansão e transformação e é nosso desafio diário fazer com que as empresas entendam o poder e importância da tecnologia e dos novos canais de comunicação e como os consumidores estão cada vez mais exigentes, demandando que as empresas estejam conectadas e disponíveis nos diferentes canais de comunicação existentes. Somos pioneiros no mercado mobile e mensageria e agora estamos ainda mais focados em agregar mais valor aos nossos produtos com ferramentas de inteligência artificial e no universo de customer experience", afirma o novo CEO.
 
Sobre a Wavy
 
A Wavy é uma empresa do grupo Movile que reúne mensageria, conteúdo e outros negócios com operadoras de telefonia móvel e TVs. Dividida em três áreas (parcerias, educação e ChatClub), é líder na América Latina e um dos maiores players globais do segmento, com receita anual média de US$ 100 milhões, 150 milhões de usuários ativos e 400 empresas parceiras. Entre seus clientes, além de mais de 40 operadoras móveis, estão Disney, Microsoft, Google, Facebook, WhatsApp, Natura, SBT, Bradesco e Amazon.