Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Por: Olavo Machado Jr.
Presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Sistema Fiemg)

 

Para onde caminha a indústria mineira? Quais são as perspectivas do desenvolvimento industrial regional em nosso Estado? Quais são as dificuldades enfrentadas pelo setor e quais são as oportunidades? Quais são os melhores projetos para sustentar e estimular o desenvolvimento da economia e da indústria? Como criar um ambiente propício aos negócios? Qual é a responsabilidade do governo, das entidades representativas de classe, das empresas e da sociedade de cada região?

Importantes e cruciais estas perguntas começaram a ser respondidas no dia 02 de agosto, com o lançamento do Plano de Competitividade Industrial Regional de Minas Gerais – PCIR. Idealizado e desenvolvido pela FIEMG, com a coordenação da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e da Gerência de Projetos Coletivos para a Indústria, este plano tem o ousado objetivo de contribuir para determinar os rumos da indústria mineira nas 12 regiões de planejamento estabelecidas segundo critérios geográficos e econômicos.

Nos últimos três anos, a FIEMG dedicou-se à formulação do PCIR com a realização de estudos setoriais e regionais extremamente detalhados e que consideraram a realidade de cada uma das regiões. Cumprimos, nestes três anos, uma extensa e intensa agenda compartilhada com os empresários da indústria, formuladores de politicas públicas e privadas de interesse industrial, universidades e, muito especialmente, os centros de pesquisa e de desenvolvimento de tecnologia, lideranças políticas regionais. Neste trabalho, foi fundamental a colaboração e participação das Regionais FIEMG e dos sindicatos de indústrias representativos dos setores dinamizadores das diversas regiões do estado.

Neste momento em que entregamos o PCIR à sociedade mineira, penso que podemos celebrar a conquista da sinergia perfeita entre todos os atores interessados e envolvimento com o desenvolvimento econômico e social de Minas Gerais e que se uniram para investigar, identificar, analisar e priorizar fatores estruturantes capazes de criar um ambiente propício à inovação e ao desenvolvimento de tecnologias capazes de agregar valor ao produto mineiro e de assegurar-lhe competitividade nos mercados brasileiro e internacional.

O Portal PCIR, lançado ontem, contempla todas as proposições de curto, médio e longo prazo para os 21 setores dinamizadores do Estado de Minas Gerais identificados nestes três anos de estados. No início de 2016, este mesmo conteúdo estará disponível também em versão impressa e individualizada para cada região do estado, constituindo-se, portanto, em planos regionais e setoriais que podem contribuir decisivamente para o progresso dos municípios mineiros. Nossa expectativa é a de que sejam utilizados como instrumentos direcionadores do trabalho desenvolvido por organismos públicos e privados comprometidos com o crescimento econômico e o desenvolvimento social de Minas Gerais.

Em essência, PCIR coloca à disposição da sociedade mineira um amplo conjunto de proposições direcionadoras para o setor industrial, naturalmente com repercussões importantes sobre os demais setores da economia. Com esta iniciativa, a Federação das Indústrias de Minas Gerais renova e reafirma o compromisso de fazer do desenvolvimento regional uma prioridade permanente por considerá-lo o melhor caminho para reduzir desigualdades e democratizar oportunidades para todas as regiões do estado com a criação de ambiente propício ao crescimento econômico e desenvolvimento social.

O agravamento do quadro recessivo da economia brasileira para este e os próximos anos – a previsão é de crescimento negativo de 4% no Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, segundo balanço divulgado no início de novembro pelo IBGE – mostra, mais que nunca, que é preciso empenhar todos os esforços visando a retomada do crescimento da economia de forma consistente, duradoura e sustentável. Este, exatamente, é o objetivo do PCIR.

É preciso entender e compreender, no entanto, que embora relevante e estratégico, o PCIR é apenas um primeiro passo, um plano, um projeto. Fazer dele um efetivo instrumento de crescimento econômico e desenvolvimento social é missão de todos os segmentos da sociedade que precisam se unir, solidariamente, para garantir sua execução. O que esperamos é que o PCIR funcione como instrumento de sensibilização e mobilização dos setores público e privado em um grande e solidário mutirão por Minas Gerais.


Esse artigo não reflete necessariamente a opinião de MercadoComum