Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

Em Belo Horizonte, onde você estiver, tem sempre uma Araujo por perto. Com mais de 100 anos de história e 140 lojas espalhadas por todas as regiões da cidade (além de Betim, Contagem, Lagoa Santa, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, Sete Lagoas e Vespasiano) e cerca de 20.000 itens comercializados, a Araujo é sinônimo de confiança e conveniência na vida dos mineiros. Não é à toa que a empresa é líder absoluta na mente e no coração do público; em 2015, foi novamente vencedora do XX Prêmio Top of Mind – MercadoComum – Marcas de Sucesso – Minas Gerais – 2015. 
Essa história de sucesso é fruto de uma trajetória de pioneirismo e compromisso com o cliente: o primeiro plantão 24 horas da cidade, o primeiro telemarketing, a primeira drogaria do país com serviço Drive Thru, a primeira Drugstore. Quando o assunto é inovação e serviços que tornam sua vida melhor, a Araujo chega sempre na frente. Na área de medicamentos, também não é de hoje que a Araujo se destaca. O “Padrão Araujo de Medicamentos” dá nome novo para uma confiança antiga: de que na Araujo você sempre encontra medicamentos com garantia de procedência, garantia de preço baixo, garantia de variedade e estoque.
História
Belo Horizonte e a Drogaria Araujo são amigas de infância. Nascida no ano de 1906, quando a cidade tinha apenas nove anos de idade, a Araujo cresceu junto com a capital mineira, estabelecendo-se como verdadeiro serviço de utilidade pública. A jovem capital abria amplas perspectivas para quem quisesse ganhar dinheiro e projetar novos negócios. Tudo estava por fazer. Homem de visão, o fundador Modesto Araujo trabalhava na Pharmacia Mineira, que foi adquirida por ele em 1913. Percebendo que aquele era um cenário de oportunidades, mudou o nome do estabelecimento para Drogaria Araujo em 1921 e começou a construir, em bases sólidas, a trajetória de uma empresa que chegaria ao século XXI como a quarta maior rede de Drogarias do Brasil.
Já em 1927, a Araujo mostrava que era diferente das demais empresas no mercado. Para se ter ideia, um anúncio publicado no jornal Minas Gerais no dia 7 de setembro daquele ano já antecipava a vocação da Drogaria Araujo. Ali estavam os principais diferenciais competitivos da empresa, mantidos e aprimorados ao longo de seus mais de 100 anos de existência. As chamadas eram imperdíveis: o maior sortimento do estado de Minas; remédios importados diretamente da Alemanha, França e Inglaterra; os mesmos preços praticados do Rio de Janeiro, então capital da República; entrega de mercadorias em domicílio, por automóveis; e consultas médicas a qualquer hora, gratuitas das 8 às 11 da manhã. Além dos medicamentos, oferecia uma variedade típica das atuais Drugstores e “pharmaceuticos chimicos” responsáveis pelo aviamento das receitas. O conhecido slogan da rede, “Se não encontrar o que procura, fale com o gerente”, também já aparecia também naquela época, mostrando que o negócio da Araujo sempre foi atender bem seus clientes. Por fim, a assinatura do proprietário Modesto Carvalho de Araujo era a garantia de responsabilidade e compromisso com a verdade das ofertas publicadas no anúncio.
Desde a sua fundação, as ações da Araujo sempre se pautaram pelo compromisso e pelo respeito com a sociedade. Em seus 109 anos, a inovação sempre foi um traço marcante da empresa. O plantão noturno, desde 1933 e primeiro da capital; o Drogatel, primeiro delivery por telemarketing no Brasil, desde 1963; a primeira drogaria brasileira com lojas Drive Thru (1990); a primeira rede de drogarias do país a implantar o modelo Drugstore – são iniciativas pioneiras que atestam este valor decisivo para a cultura da empresa. 
Padrão Araujo de Medicamentos
Todos os mineiros sabem que, na Drogaria Araujo, saúde é coisa séria. Só a Araujo tem o Padrão Araujo de Medicamentos, um compromisso da empresa e uma segurança para os clientes na hora de comprar medicamentos. Conheça as garantias que o Padrão Araujo de Medicamentos oferece:
Garantia de preço baixo: Só quem compra grandes volumes pode vender com preço baixo, sem se descuidar da qualidade.
Garantia de variedade e estoque: Para você sempre encontrar o que procura, a Araujo mantém constantemente atualizado todo o seu estoque de medicamentos. E se ainda assim você não encontrar o que está precisando, a Araujo providencia seu remédio e entrega-o na sua casa ou na loja de sua preferência por meio do programa Araujo Tem*. Comodidade de verdade para você. *Apenas para medicamentos que estão disponíveis em outras lojas da empresa.
Garantia de procedência: A Araujo só compra medicamentos diretamente das indústrias farmacêuticas e dos grandes distribuidores do país. Assim, ela garante a procedência de seus medicamentos. Além do mais, os lotes dos medicamentos são conferidos na entrada do Centro de Distribuição, e cada um deles é armazenado estritamente de acordo com as instruções do fabricante, desde a estocagem até a entrega ao cliente. Tudo para você comprar seu medicamento com segurança.
Responsabilidade Social
A preocupação com o papel social da Araujo é constante na história da empresa desde o início. Na famosa “gripe espanhola”, que atacou o país entre 1914 e 1918, a Araujo teve um desempenho marcante: o Sr. Modesto Araujo, fundador da empresa, buscou financiamento em um banco para importar um importante remédio da Alemanha, e o vendeu a preço de custo para combater a epidemia. E até hoje é assim: o compromisso da Drogaria Araujo com os seus clientes se estende a toda comunidade. Por isso, a empresa tem orgulho em participar de ações que promovem educação, lazer, saúde e preservação do patrimônio histórico e cultural.
Conheça alguns dos projetos:
Hospital da Baleia – Criada em janeiro de 2005, a campanha “Adote o Hospital da Baleia” incentiva os clientes Araujo a doarem o seu troco ou parte dele para essa importante instituição. Graças à generosidade dos nossos clientes, já foram arrecadados mais de R$ 9.000.000,00 (nove milhões de reais). O valor, repassado integralmente à campanha em prestações de contas periódicas, ajuda a manter o hospital, e é auditado pela Vaz & Maia Auditores Independentes. 
Instituto HAHAHA – Desde 2012 a Drogaria Araujo apoia o Instituto HAHAHA, que nasceu dentro da ONG Doutores da Alegria. A instituição é formada por artistas, gestores culturais e profissionais da saúde e coordena o programa de intervenções de palhaços profissionais para crianças hospitalizadas. Semanalmente, quatro hospitais da capital mineira (Centro Geral de Pediatria, Hospital da Baleia, Hospital das Clínicas e Santa Casa) recebem nas alas de pediatria o programa de intervenções artísticas de palhaços profissionais. O trabalho tem o foco na criança, mas atinge enfermeiras, médicos, administradores, pais, visitantes e toda a comunidade hospitalar. O serviço é gratuito para o hospital porque é patrocinado por empresas e entidades como a Drogaria Araujo, o que proporciona um trabalho contínuo com resultados surpreendentes. 
Playground da Longevidade – Desde de 2006, a população de melhor idade pôde contar com aparelhos de ginástica e alongamento desenvolvidos especificamente para esta faixa etária na Praça JK, no Mangabeiras, com o apoio da Drogaria Araujo. Em 2007, também foi inaugurado outro Playground da Longevidade no Centro de Saúde Eduardo Mauro de Araujo no Bairro Miramar (Rua Eridano, 540), e em 2010, na loja da Rua Padre Pedro Pinto, 1660n no Bairro Venda Nova.
Palestras de Saúde – Constantemente a Araujo promove palestras sobre temas importantes relacionados à saúde, como diabetes, hipertensão, asma, curso de gestantes. Fique atento à programação.
Curso para gestantes – O Curso para Gestantes Araujo é gratuito e conta com palestras de profissionais capacitados e renomados, que apresentam assuntos de interesse das futuras mamães e papais. 
Patrimônio Histórico – A Araujo patrocinou a restauração de duas casas que ajudam a preservar a história e a cultura da nossa capital: na Rua da Bahia, no centro e na Av. do Contorno, na Savassi.