Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec nec mauris interdum, suscipit turpis eget, porta velit. Praesent dignissim sollicitudin mauris a accumsan. Integer laoreet metus

De janeiro a março deste ano, os supermercados mineiros acumu-laram crescimento de 1,16% no faturamento real, segundo a pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (AMIS), o “Termô-metro de Vendas” do mês de março. Ainda de acordo com o levantamento, em março o setor apresentou crescimento de 4,97% sobre fevereiro.


Os dados, deflacionados pelo IPCA/ IBGE, apontam ainda que o setor teve queda de 5,28% na comparação de março de 2014 com o mesmo mês de 2013. A expansão em março sobre fevereiro é explicada por vários fatores. O primeiro é o calendário de 30 dias em março (já que as lojas não foram abertas no dia 3, segunda-feira de carnaval, por motivo de convenção coletiva de trabalho) contra 28, em fevereiro. Além disso, o consumidor já está mais livre das despesas de início de ano.

Contribuiu também o fato de muitas famílias que ainda estavam em férias fora do estado em fevereiro terem retornado.

Sazonalidade

A queda em março frente ao mesmo mês de 2013 é devida ao fato de a Páscoa ter ocorrido nesse mês em 2013. Já em 2014, a segunda maior sazonalidade para o setor no ano ocorreu em abril. Assim, as vendas ocasionadas pelo período serão computadas fora do primeiro trimestre, o que reduziu também os números no período em 2014.

Brasil

A Associação Brasileira de Super-mercados (Abras) divulgou, no dia 29 de abril, as vendas do setor no País. O resultado foi uma expansão de 6,92% no mês de março frente a fevereiro. Considerando março de 2014, frente ao mesmo mês do ano passado, houve queda de 7,28% de acordo com o Índice Nacional de Vendas.

No acumulado do primeiro trimestre, o resultado ficou negativo também. A variação foi de -0,57% na comparação com igual período de 2013. Os números da entidade nacional também já estão deflacionados pelo IPCA do IBGE.